CUIDADOS COM O BEBÊ

O que é o pré-natal e como ele funciona na prática?

/
5 0
o que é pré-natal e como funciona
Tempo de leitura: 3 min

A maternidade pode ser uma das experiências mais extraordinárias na vida de uma mulher. Quando ela descobre que está grávida, as suas emoções se comportam como uma montanha-russa. É um misto de felicidade e ansiedade, mas também de muitas dúvidas, o que acaba gerando um certo desconforto e  medo do desconhecido.

É por isso que existe o pré-natal, um acompanhamento médico feito especialmente para sanar essas dúvidas e preparar a mamãe durante todos os meses da gestação.

Quer saber mais sobre esse acompanhamento e qual a sua importância? Então, vamos lá!

O que é o pré-natal e como ele funciona na prática?

Por exigir exames clínicos e laboratoriais, o pré-natal permite que a mãe acompanhe o desenvolvimento e a saúde do bebê. Além de ensinar a gestante sobre os principais cuidados após o nascimento da criança.

Algumas informações são muito importantes para saber como está a saúde da mamãe e do bebê, como:

  • Data da última menstruação (DUM).
  • Data provável do parto (DPP).
  • Número de semanas de gestação.
  • Frequência cardíaca do bebê.
  • Altura uterina.
  • Tipo sanguíneo e fator RH.
  • Peso e pressão arterial.
  • Presença ou não de inchaço.
  • Resultado de exames de rotina e outros.
  • Medicamentos receitados.
  • Vacinas aplicadas.

Por meio delas, o médico obstetra consegue prever possíveis enfermidades e, a partir do diagnóstico, ele saberá orientar a gestante sobre como ela deverá proceder para evitar que a enfermidade aconteça ou para amenizar ao máximo as suas consequências.

A importância da periodicidade para uma gestação saudável

O acompanhamento, no pré-natal, ocorre durante todos os meses da gestação. No entanto, a periodicidade depende exclusivamente do grau de risco da gravidez. Por exemplo: os casos mais complicados, no qual a saúde do bebê ou da gestante apresenta algum problema, deverão ter um acompanhamento mais frequente, pois o médico obstetra precisará ter um controle ainda maior sobre a situação para garantir que tudo corra bem durante o parto.

Caso você esteja grávida e ainda não saiba quando deverá começar o pré-natal, é importante estar ciente de que os especialistas recomendam que ele seja iniciado assim que você confirmar a gravidez. Ou, no máximo, no 3º mês da gestação.

Primeiras consultas

Nas primeiras consultas, além de conhecer mais sobre a vida da gestante, o obstetra irá solicitar os exames mais básicos. Geralmente, são exames de sangue feitos em laboratórios, como hemograma, glicemia e afins. Mas isso não significa que eles não deverão ser feitos em outras fases da gestação. A ultrassonografia, por exemplo, é realizada a cada nova idade gestacional, permitindo, inclusive, que a mãe conheça o sexo do bebê.

O acompanhamento da metade até o final da gestação

No segundo trimestre da gestação, quando os órgãos já estão formados, é muito importante realizar uma segunda ultrassonografia, pois ela possibilitará ao médico identificar quaisquer anomalias ou deformações no corpo do bebê. Já no terceiro semestre, a ultrassonografia é indicada para acompanhar o crescimento da criança.

O ideal é que a mamãe realize pelo menos três ultrassonografias. No entanto, como mencionamos no tópico anterior, caso a gravidez apresente  riscos, exames adicionais poderão ser solicitados.

No total, até a 34ªsemana, a mamãe deverá ter feito ao menos uma consulta por mês. Ao chegar na 36º semana, as visitas ao médico deverão ser mais constantes, passando para um período de 15 em 15 dias e, a partir da 38ª semana, ele deverá ser reduzido para 7 dias.

Agora, que você conhece o pré-natal, lembre-se de começar o quanto antes! Manter a sua saúde e a do seu filho em dia permitirá a você ter um parto mais tranquilo possível.

Esperamos que este conteúdo tenha esclarecido as suas principais dúvidas.

Nos vemos no próximo artigo. Até breve!

Posts Relacionados
/

A maternidade pode ser uma das experiências mais extraordinárias na vida de uma mulher. Quando…

0 0
/

A maternidade pode ser uma das experiências mais extraordinárias na vida de uma mulher. Quando…

0 0
Leave a Reply

Your email address will not be published.