CUIDADOS COM O BEBÊ

Primeiros passos: como estimular os pequenos nesse momento?

/
6 0
show ANDADOR PEZINHOS - Primeiros passos: como estimular os pequenos nesse momento?
Tempo de leitura: 3 min

Título: Primeiros passos: como estimular os pequenos nesse momento?
Uma das experiências mais emocionantes para mães e pais é quando o bebê dá os primeiros passos. Isso acontece por volta do 1º aninho, mas não há um momento certo. Para uns, pode ser em torno dos 10 meses e, para outros, depois do primeiro aniversário.
Seria possível estimular os pequenos para que os primeiros passos aconteçam mais depressa? É isso que vamos descobrir a seguir.
Entenda que cada criança tem a própria fase
Evite entrar em comparações com os bebês de outras pessoas, pois cada criança possui o seu tempo de desenvolvimento e isso não tem nada a ver com atraso neuromotor, por exemplo. O importante é que você ofereça muito carinho e segurança para que os pequenos se sintam confiantes em explorar o mundo.
Então, antes de estimular os pequenos, verifique se há um espaço seguro na casa para o bebê treinar os primeiros passos. Degraus e escadas, por exemplo, devem ser evitados.
Dicas para que os pequenos se sintam seguros ao darem os primeiros passos
Contrariando o senso comum, a Sociedade Brasileira de Pediatria não recomenda o uso do andador, pois ele seria responsável por um atraso no desenvolvimento, além de contribuir para acidentes.
A solução, portanto, consiste em apostar em brinquedos de empurrar. Empurrar um carrinho até o outro lado, por exemplo, é um estímulo para que os pequenos o busquem.
Os pais também podem se posicionar a uma distância do bebê e chamá-lo. É possível perceber, neste momento, que a criança irá levantar a cabeça e tentar alcançar os pais. É aí que os primeiros passos podem acontecer.
Se não der certo de primeira, saiba que o bebê tentará um jeito de alcançar os pais, seja rolando ou engatinhando, processos que também integram a fase do andar.
Outras dicas importantes:
Deixe o bebê livre e descalço: evite colocar os pequenos o tempo todo no colo, no carrinho ou na cadeirinha, pois eles não receberão estímulos assim. Para que o bebê possa se aventurar, coloque-o no chão e deixe-o descalço, pois assim há um atrito maior com o chão. Caso esteja frio, opte por uma meia antiderrapante.
Comece pelo básico: a criança não começa a andar de uma hora para outra. Ficar em pé, abaixar e levantar também faz parte do processo. Uma forma de estimular os pequenos é brincando juntamente com eles, para que o bebê imite os movimentos dos pais.
Saiba que o bebê vai cair: dá uma aflição ver aquele pequenininho andando todo torto e molenga, não dá? Mas é assim mesmo e, caso ele caia, socorra-o sem se desesperar, pois isso pode deixá-lo mais inseguro. Para que as quedas não causem problemas, tente usar almofadas ou colchonetes ao redor do caminho que o bebê irá percorrer.
Dê a mão aos pequenos: uma forma de oferecer segurança ao bebê é dar a mão a ele para que os primeiros passos aconteçam. Você pode começar segurando as duas mãos e, depois, apenas uma. Além de estimular os pequenos, essa estratégia faz com que você evite quedas, principalmente se no ambiente de treinos há obstáculos.

O bebê andou, que alegria!
Quando o bebê dá os primeiros passos, é aquela euforia. Se a sua casa é pequena e não oferece espaço para o treino, lembre-se de que parques e jardins são bons espaços de treinos.

Posts Relacionados
/

Título: Primeiros passos: como estimular os pequenos nesse momento? Uma das experiências mais emocionantes para…

0 0
/

Título: Primeiros passos: como estimular os pequenos nesse momento? Uma das experiências mais emocionantes para…

0 0
Leave a Reply

Your email address will not be published.