CUIDADOS COM O BEBÊ

Animais e bebês: como preparar o animal para a chegada do bebê?

/
0 0
animais e bebês
Tempo de leitura: 4 min

Para muitos, animais e bebês devem ser separados ao máximo no lar. Em alguns casos, muitas pessoas chegam a doar os seus pets para cuidarem do bebê. Isso, no entanto, não é necessário, uma vez que há diversas formas de educar os seus pets e limitá-los. Principalmente os cachorros e gatos, pois são pets capazes de conviver respeitando o espaço do bebê.

Sendo assim, animais e bebês podem morar na mesma casa. Porém, isso exigirá alguns cuidados importantes. 

Para que você consiga preparar o seu pet para a chegada do bebê, selecionamos algumas  dicas. Veja a seguir cada uma delas. 

Animais e bebês: 4 dicas de como preparar o animal para a chegada do bebê

1. Mantenha a rotina do seu pet antes e depois da chegada do bebê

Assim como os humanos, os pets possuem uma rotina, que se alterada, pode gerar mudanças de humor e até comportamento. Ainda mais quando você dá muito carinho e de um dia para o outro tudo isso muda.

Então, buscar alternativas para que a rotina do seu pet se mantenha funcionando é muito importante. Principalmente para evitar que o animal se sinta desprezado ou entediado demais, acumulando energia parado dentro de casa.

A dica, nesse sentido, é manter os exercícios diários, alimentação e carinho. Apesar de ser um grande desafio, uma sugestão é implementar outras formas de adaptação. Uma delas, para os cães, pode ser um dog walker, que é um profissional dedicado a levar o seu cão para passear. Além disso, você pode comprar brinquedos para que o seu pet possa se distrair por mais tempo sozinho. 

Dessa forma, você garantirá mais tempo para o seu bebê e ainda não mudará radicalmente a rotina do seu pet.

2. Familiarize o pet com os sons e aromas do bebê

Para manter uma boa relação em um lar com animais e bebês é indispensável promover a familiarização. Isso porque, com a chegada do bebê, a casa passa a ter novos sons e aromas. Para nós, isso é muito compreensível, mas para um pet, isso pode ser muito novo, o que pode gerar certa desorientação.  

Nossa sugestão, nesse sentido, é que você reproduza uma gravação com sons de bebês. Pois é ouvindo choros, risadas e balbucios emitidos por bebês que o seu pet vai se adaptando até a chegada do seu neném.

Quanto aos cheiros, a dica é fazer com que o seu pet conheça os aromas de produtos para bebês. Isso evita muitas vezes uma curiosidade desnecessária do seu pet.

3. Apresente ao seu pet o espaço do bebê antes do parto

A curiosidade de um pet não para com o cheiro e os sons. Se, repentinamente, um quarto que ele tinha acesso muda completamente e ele ainda não o conhece, o pet se sentirá punido. Afinal de contas os animais são curiosos e têm noções de territorialidade.

Sabendo disso, uma forma de antecipar o respeito pelo espaço do bebê é apresentando-o para o seu pet. Assim, ele não irá buscar chamar atenção do dono de alguma forma por se sentir excluído.

4. Eduque-o e seja firme em suas ordens

Impor limites é algo que deve ser feito de forma gradual e consistente. Até porque, quando se trata de animais, você não pode simplesmente mudar inesperadamente. Muito menos, voltar atrás com os limites que já impôs.

Logo, se você privar a entrada do pet no quarto do bebê, o corrija caso te desobedeça. Busque, ainda, fazê-lo entender que ser barulhento não é nada legal, principalmente à noite. Então, ofereça recompensas quando ele se comportar e correções quando ele não obedecer. 

Geralmente, só de estimular a prática de exercícios já reduzirá grande parte desse problema. Porque um passeio, por exemplo, estimula a sua socialização com outros pets, reduzindo a desconfiança. 

Com educação e carinho, a sua casa manterá a harmonia

Como deu para notar, animais e bebês não são inimigos, só é preciso preparar o seu pet. Até porque, com carinho e educação, você poderá ter um lar tranquilo e preparado para a chegada do seu neném. O que dispensa qualquer pensamento de doação.

Então, esperamos ter te ajudado a promover essa adaptação no seu lar. Até mais! 

Veja também: 3 sinais de que o parto está se aproximando.

Posts Relacionados
/

Para muitos, animais e bebês devem ser separados ao máximo no lar. Em alguns casos,…

0 0
/

Para muitos, animais e bebês devem ser separados ao máximo no lar. Em alguns casos,…

0 0
Leave a Reply

Your email address will not be published.

Scroll Up