DICAS PARA MAMÃES

Dor nas pernas na gravidez: o que causa e como evitar?

/
15 0
Tempo de leitura: 3 min

Durante os nove meses de gestação, os corpos das futuras mamães sofrem diversas alterações e é comum que junto das mudanças venham alguns sintomas inevitáveis. Com isso, o nível de hormônio aumenta, o que faz seu interior alterar e surgirem as temíveis dores, principalmente nos membros inferiores. Sentir dor nas pernas na gravidez é bastante comum e pode ter diversas causas.

As principais são má circulação, varizes, peso extra, retenção de líquido, sedentarismo, entre outras. O crescimento do útero e o peso do bebê aumentam durante a gestação, pressionando as veias pélvicas, o que dificulta o fluxo de sangue para o coração. Assim, essas alterações causam desconforto e dor, por isso, é essencial saber como amenizar o problema.

Neste post, vamos apresentar dicas de como diminuir a sensação de dor nas pernas na gravidez. Confira!

Faça alongamentos

Músculos tensos pioram a dor nas pernas durante a gestação e pode torná-la insuportável. Assim, para evitar a tensão muscular, alongue as pernas sempre que possível. Muitos exercícios de alongamento podem ser feitos em casa para relaxar os músculos.

Um deles consiste em deitar de barriga para cima em uma superfície regular, inclinar as pernas e enrolar uma toalha na ponta dos pés. Depois, é preciso puxar o pé para cima com o apoio da toalha, alongando os músculos da parte inferior das pernas. O ideal é fazer 3 vezes e manter o alongamento por 30 segundos.

Pratique exercício físico

Apesar de não ser fácil, é possível praticar atividade física durante toda a gravidez. Ao deixar os exercícios físicos de lado, a má circulação e o inchaço só tendem a piorar. Logo, exercícios bastante simples podem ser incluídos na rotina, pois ajudam a diminuir o incômodo.

Um bom exemplo de atividade simples para os tornozelos é aquele em que você apoia as mãos em um corrimão de escada ou cadeira, elevando o corpo até que fique na ponta dos pés. Depois, basta manter os pés elevados por 5 segundos e retornar à posição inicial. Esse exercício melhora a circulação, diminui as dores nas pernas e evita as cãibras na região.

Além disso, a caminhada também é um ótimo exercício, pois manda o sangue acumulado nas pernas de volta ao coração, o que alivia e previne as dores.

Use meias elásticas

As meias elásticas, de suave à média compressão, podem ajudar a diminuir o inchaço, o que alivia as dores e o cansaço. Elas fazem pressão nas pernas e auxiliam o sangue a voltar dos pés para o coração, funcionando como uma bomba que atua contra a força da gravidade. Assim, o recomendado é que sejam usadas segundo prescrição médica, pois em determinadas situações elas podem piorar o quadro.

Eleve as pernas

A elevação das pernas pode ajudar a aliviar as dores, pois melhora a circulação sanguínea. Assim, o ideal é ficar deitada e colocar as pernas sob um travesseiro ou almofada. Isso pode ser feito na cama, sofá ou em qualquer lugar em que você possa apoiar as pernas. Cerca de 20 minutos por dia nessa posição já são suficientes para aliviar a dor.

Como foi visto, a dor nas pernas na gravidez é um problema muito comum e que afeta muitas gestantes. Por isso, é essencial manter consultas regulares ao médico para que ele possa acompanhar cada etapa da sua gravidez e indicar os melhores cuidados.

Gostou do nosso conteúdo e quer saber mais? Então confira 5 cuidados na gravidez imprescindíveis para sua saúde!

 

Posts Relacionados
/

Durante os nove meses de gestação, os corpos das futuras mamães sofrem diversas alterações e…

0 0
/

Durante os nove meses de gestação, os corpos das futuras mamães sofrem diversas alterações e…

0 0
Leave a Reply

Your email address will not be published.